Blog de Aglae Lotif


18/04/2015


Aniversário de 13 anos da Radio Dom Bosco

Aniversário de 13 anos da Radio Dom Bosco

23/08/2014

eu e minha amiga DUDA 

Convidei minha mãe “Jô” pra ir pro aniversário de 13 anos da Radio Dom Bosco, como eu sempre acompanho a radio estava ligada no evento desde o primeiro dia que anunciaram. A principio achei que minha mãe “Jô” não fosse ela parecia morna, nem via empolgação nela. Fiquei feliz quando ela aceitou de ir comigo. Fomos lembro que neste dia foi um Sábado e fui pro trabalho porque tinha que ajeitar uns documentos. Eu muito feliz, com a blusa de nossa senhora de Fátima lá no trabalho e com a cabeça e o coração contando as horas pra esta lá na grande festa. Porque alem de ser o aniversário a da Radio Dom Bosco só ia ter boas atrações  Frei Jurandir Caetano que eu tanto acompanhava pelo radio, e seria minha chance de conhecer. O evento começou às 14h teve varias bandas boas cantores sensacionais. Entre eles teve Isaías Luciano, Frei Jurandir Caetano, Waldonys, Fátima Souza, Ir. Kelly Patrícia.

Ai foi aquela festa quando chegamos eu fiquei pouco tímida, ai minha mãe Jô virou-se para mim e falou:  - você não vai louvar? Cantar? Se solte.

Eu falei: - calma mãe, estou reconhecendo o terreno primeiro.

Então a banda que estava tocando terminou de tocar e saiu ai chamaram os apresentadores e padres da radio Dom Bosco pra se apresentarem e falarem um pouco da Radio Dom Bosco.

Então o vi o Frei Jurandir Caetano, fiquei comigo é ele?? Fiquei feliz. Rezamos o terço da divina misericórdia juntos  com o Frei Jurandir Caetano e depois do terço, as senhoras que iguais a mim ouvintes assíduas da radio Dom Bosco falaram pro Frei Jurandir Caetano:  

- Frei Jurandir, sua tapioca com café está aqui, se o senhor quiser tomar?

Ai o Frei Jurandir Caetano sorriu pra elas e disse:  - que bom, vou já.

Ai todos riram (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)

Então minha mãe Jô não entendeu porque as senhoras falaram de café com tapioca.

Sendo assim eu expliquei que ele sempre fala no final do terço da misericórdia que é pra gente tomar o nosso café com tapioca.

Foi nesse evento da Radio Dom Bosco que eu percebi que o Frei Jurandir Caetano é muito parecido comigo. (kkkkkk) em gosta de café e gostar de feijão. Porque ele falou que gostava muito de café e de feijão.

ai depois das apresentações o Frei Jurandir Caetano foi cantar eu corri pra frente do palco e fiquei lá cantando e dançando as musicas que eu já ouvia na hora do terço da divina misericórdia.

Logo após do Frei Jurandir Caetano teve o Waldonys e eu lá na frente cantando e dançando e tirando foto, parecia uma doida de felicidade.

Logo a pós do Waldonys teve um pequeno intervalo ai depois do intervalo teve a Fátima Souza cantora da canção nova, só duas pessoas à conheciam, eu e uma senhora que estava louvando do meu lado lá na frente do palco.

Ai eu lá louvando com a Fátima Souza e foi se chegando aos poucos algumas pessoas que estavam cismadas por não ter começado o show da Madre Irmã Kelly Patrícia.

Mas eu estava tranquila além de muito feliz porque eu estava vendo a Fátima Souza de quem eu gosto muito e depois ai ter o show da Madre Irmã Kelly Patrícia que também amo muito.

Então a Eduarda me ver e vem falar comigo:

- Ema Pink, oi tudo bem?

Eu me virei de uma vez e muito feliz disse:

- oi Duda, que bom que você veio pro show da Madre Irmã Kelly Patrícia?

Eduarda “Duda”:

- sim, eu não perderia, até chamei uma amiga minha que também gosta da madre, mais ela não veio.

Obs. Ema pink eu sou na internet até expliquei isso pra Duda.

Já que tínhamos marcado de nos encontrar em outros shows da madre irmã Kelly Patrícia e não tínhamos nos visto, então eu aproveitei este encontro pra finalmente tirar uma foto com a Duda.

A Fátima Souza não foi muito bem recebida pelos fãs da madre Irma Kelly Patrícia, uma povo mal educado começou a vaia a Fátima Souza e grita:

- minha filha sai daí.

- Que eu vim pra ver a Irma Kelly Patrícia.

Me deu uma raiva misturada com vergonha, eu só conseguia pensar que a Fátima Souza é uma ótima cantora da canção nova e não merecia ouvir tudo aquilo. Aquela povo estava gritando besteira sem conhecer a Fátima Souza, não tinha ouvido se quer nenhuma musica dela. Fiquei mal mesmo, muito triste.

A Fátima Souza tão humilde só consegui cantar 3 musicas e saiu do palco e madre Irma Kelly Patrícia já tinha chegado e estava se preparando pra subir no palco e então a Fátima Souza a viu ai, e pediu uma foto com a Madre Irmã Kelly Patrícia que não se negou e as duas deram um belo sorriso e aquela bela foto saiu.

Na hora da foto eu nem vi direito porque estava muito perto do palco e eu muito baixa e palco alto. Ai o povo começou a gritar

- a mulher ainda vai tirar foto com a Kelly.

Ai eu disse cadê?

Ai minha amiga me puxou um pouco e eu vi um rastro da foto.

Mas tinha uma senhora que só gritava no meu ouvido:

- irmã Kelly Patrícia,

- cadê tu mulher?

- cadê a mulher que entrar?

Eu virei pra a senhora por umas duas vezes seguidas e disse:

- minha senhora se acalme, a madre Irmã Kelly Patrícia já chegou, está ali no palco se preparando pra cantar.

Eu e Duda olhávamos ansiosa pra madre Irmã Kelly Patrícia, eu cai na besteira de falar que conhecia todas as musicas da Madre Irma Kelly Patrícia, sendo que eu ainda estava por dentro muito deprimida de como o povo cearense tinha tratado a Fátima Souza por mais que eu tenta se desfaça que estava muito bem por completo uma metade de mim estava sentida.

Bem na hora que o Kleber Fernandes e a Janaina do Ceará católico chegou pertinho onde eu estava com minha amiga Duda, e perguntou:

- quero ver quem sabe cantar a musica PASSARIONHO da Irmã Kelly Patrícia?

Eu tinha acabado de me gabar sabia, mas na hora de contar a depressão que eu estava sentindo tomou a frente e me travou.

O Kleber Fernandes e a Janaina firam tipo enrolando porque a banda ainda não estava no palco.

Ai quando a madre Irmã Kelly Patrícia foi cantar tudo saiu lindamente como sempre, a Duda fazia coraçãozinho pra madre Irmã Kelly Patrícia e ela devolvia, tão simpática teve uma hora que Duda estava tão atrás de mim que eu pensava que aqueles corações sinhôs fosse pra mim e devolvi. Kkkkk

Enquanto eu pensava:  - o que é que estou fazendo?

Ainda não estava acostumada com esta proximidade kkkkk, nas festas mundo a fora que eu ia, a proximidade com o artista era tão difícil, e ali estava tão perto, tão simpática. Que eu disse pra mim mesma:  - mim mesma deixa de caretice, se solte, você ama a madre Irmã Kelly Patrícia então faça sim corações para ela.

O show mal tinha terminado quando minha mãe Jô foi se chegando perto do palco me viu e disse:  - nem estava mais lhe vendo.

- mais sabia que ia lhe encontrar aqui perto do palco.

- vamos em bora esta tarde?

Eu virei pra minha mãe Jô e disse:

- quem esta no palco?

A minha mãe Jô respondeu:

- a irmã Kelly Patrícia.

Tu só vai em bora quando o show dela acabar?

Eu disse:

- sim. Porque eu vim pra ver ela também.

Minha mãe Jô:

-mais quando terminar vai ser muito tarde!

Eu olhando pra frente, pulando e cantando, parei um pouco e disse:

- mãe mais, todo mundo aqui vai pra parada também não se preocupe não estaremos só.

E foi tudo de bom o show da madre Irmã Kelly Patrícia sempre simpática até minha mãe Jô viu e admirou a simpatia, o carisma da madre Irmã Kelly Patrícia.

Ao terminar saímos junto com a multidão e sim na hora que fomos pra parada umas 4 senhora nos acompanharam e pegaram o mesmo  ônibus que nós.

 

Ao chegar em casa já no dia seguinte a Duda postou a foto que ela tinha tirado com a madre Irmã Kelly Patrícia no dia do evento. 

Escrito por AglaeLotif às 22h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Halleluya dia 23 à 27 de Julho de 2014

Halleluya  dia 23 à 27 de Julho de 2014

Foram quatro dias de louvores e muito show começo na quinta feira dia 23 e foi até o dia 27 de julho 2014. Só que só fui dois dias.

Halleluya dia 23 de julho show do Tonny Allysson

 Eu vim correndo do trabalho pra casas pensando que não chegaria cedo pro Halleluya, me arrumei nas carreira, e minha mãe “Jô” tentou ligar pra Amanda, pra saber se ela iria mais ela não deu certeza. Então chamou um Taxi e fui. Tentei antes marca com o povo do Shalom mais ninguém respondeu então fui só eu Jesus e nossa senhora Maria.

 Ao chegar lá me sentir perdida porque nunca tinha ido a “fazenda Uirapuru” até então nem sabia que tinha duas entradas. Ai o Taxissista me deixo em uma entrada complicada muito distante de onde era o palco. Então quando eu ia entrando vi uma turma que vinha de ônibus do interior do Ceará e me juntei com eles, fui seguindo e fazendo amizades.

Corremos nos matos naquela escuridão eu até ouvi algo rasteja, mas não fiquei lá pra saber o que era. Corri em direção a arena onde estava o placo, fui acompanhando o povo que também ia. Ao chegar lá na porta do espaço arena, me despedi deles achando que encontraria o povo do Shalom de Fátima ou a Amanda que é minha vizinha e também é do Shalom.

Ao perceber que a missa já tinha começado sai andando em direção ao palco o mais perto possível, afinal eu queria mesmo esta lá frente. Então depois da missa teve a adoração do santíssimo celebrada pelo padre Antonio Furtado durante a adoração ele cantou uma musica do Tony Allysson. E eu toda feliz lá frente.

Ai depois da Adoração o primeiro show da noite foi o do Tony Allysson eu cantei todas as musicas dele e foi lindo d+, tirei muitas fotos dele bem pertinho. E enquanto eu me aproxima da grade de proteção o povo abria espaço pra eu ficar bem pertinho do palco.

A noite toda foi maravilhosa, no final da noite achei a Amanda e voltei com ela de carona, o show até que terminou cedo meia noite, porque ainda era quinta feira.

 

Halleluya dia 26 de Julho, show da Ir. Kelly patrícia

Fui com o senhor Jesus e vossa mãe Maria santíssima, convidei minha mãe “Jô” pra ir pro Halleluya mais ela se recusou, dizendo ela que iria pro aniversário da Socorro Madeira beber uma cerveginha com feijoada. Então eu disse “esta bem, pois a senhora vai pelo menos me deixa lá?” Ela disse que sim e foi.  O carro dela não estava bom. Ela me deixo num bom lugar, andei meio metro e cheguei na arena onde ia começar o show. Me aproximei e fui direto pro pé do palco achando eu que a primeira atração seria a madre superiora Irmã Kelly Patrícia, mas não foi ela. O primeiro a cantar foi o Eros Biodini o show dele foi eletrizante, fiquei perto de umas meninas que curtia ele. Elas falavam das musicas dele pra mim, eu ficava tentando entender  em borá tudo pra mim era novo. Ai o segundo show foi o da Ana Gabriela que tem o rosto muito parecido com o da minha prima Lally Lotif, e Ana Gabriela cantou muito amei as musicas dela. A Eva e o João são mesmo a melhor dupla de animadores, o povo perturbava eles, gritava pedindo brinde que eles jogavam, CDs, Blusas, e ainda jogaram uma bola amarela pra passar na hora do show da Ana Gabriela mais não durou, o povo que pegou ficou pra eles.

Bem eu louca de felicidade toda vez que anunciava a Madre Ir. Kelly Patrícia eu gritava comemorando. Sim a Ir. Kelly Patrícia foi o terceiro show daquela noite, foi lindo e mágico, pulei cantei fiquei bem pertinho do palco vi a Ir. Kelly Patrícia ali tirei tantas fotos dela. Só sai da frente do palco na hora dos missionários Shalom, porque resolvi ir comer alguma coisa, porque já estava quase azul de fome. E ainda me sentei no chão, a levei minha toalhinha porque lá é muita poeira e tem que levar algo pra sentar, porque não tem conforto, não tem grama. Ai acabei cochilando foi gostoso, mesmo só uns 15 minutos sentada.  A depois da reza do show dos missionário shalom fui lá pra onde a Amanda tava. Ai liguei pra ela e encontrei ela no espaço Evangelização. Quando chego lá encontrei duas do shalom de Fátima, beleza que elas nem me reconheceram. Em fim dançamos, pulamos, cantamos ao som de Isaías Luciano, e todas as bandas da noite porque o show começo as 19hs do sábado e foi as 06h30 do Domingo. E a turma da Amanda o povo animado, só queriam sair do Halleluya expulsos e foi isso que aconteceu. Voltei de carona com a Amanda no carro do namorado dela, uma ranger que só cabiam 5 pessoas veio seis. No maior aperto mais tava tão animado que ninguém ligava pro aperto. A Amanda dizia que queria ir pra praia isso ela bêbeda de sono. E namorado dela direto dizendo eu sei bem que praia é esta: A cama.

E foi só entrar no carro que ela dormiu.

Eu cochilei também quando o amigo da gente tinha decido. Mais também já ia dar 07h da manhã de Domingo.

Eu sei que até minha mãe “Jô” me ligou só pra saber porque eu estava demorando tanto.

Enfim chegamos em casa e quem disse que eu tive forças pra agüentar a noite, pois perdi o show do Dunga que foi Domingo de noite ultimo dia 27.

 

Ai sim quando eu cheguei em casa a minha mãe “Jô” falou que o carro dela tinha dado o prego na porta do Halleluya. 

Escrito por AglaeLotif às 22h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

5º Misericórdia Brasil

Dia 31/05/2014

5º Misericórdia Brasil

 

Nádia minha grande amiga/irmã e Eu Aglae Lotif

Foram 2 longos dias com o senhor, o evento foi no sábado e no domingo. Eu que fui pro meu primeiro show da madre Superiora Irma Kelly Patrícia, foi muito bom ela ungida quando ela canta me leva a voar. Eu fiquei bem próximo ao palco e foi incrível como Irma Kelly Patrícia é jovial, energética, pulava, cantava, dançava, mas tipo amei a parte que ela cantava pra imagem de nossa senhora de Fátima e se jogou aos pés da imagem foi muito perfeito. Eu comecei tirando fotos da Kelly Patrícia lá pro meio do show só conseguia ver nossa senhora de Fátima, foi lindo a coroação todo o show. Sendo que eu tinha ido só, eu e Deus meu amigo e companheiro a gente passeia junto. Quando o show terminou e todos estavam saindo acompanhei uma senhora da eucaristia que ia pra parada e estava como eu: com medo de ir só. Fizemos uma companhia da outra e fomos conversando enquanto caminhávamos para parada. E lá enquanto a senhora falava do filho que ela tanto chamou e não veio eu lembrei da mesma situação em casa de o tanto que chamei minha mãe ela não foi, pois viajou pra irauçuba. Então quando chegamos lá na parada se aproximou de nós uma jovem que também estava no 5º Misericórdia Brasil e então ela nos perguntou sobre o ônibus nÁe ela falou

- é que vou pra Messejana,

Ai a mulher da eucaristia que estava do meu lado falou:

- que bom já encontrou companhia

ai eu já falei

- legal eu também moro em Messejana.

Bem a gente ficou amiga melhor dizendo irmãs, a Nadia, uma irmã de Hesed afinal foi por conta da Irmã Kelly Patrícia que a gente se encontrou, tudo obra do senhor Jesus Cristo.

A gente marcou dentro do ônibus que viríamos juntas no dia seguinte já que moramos perto uma da outra, e o domingo dia 01/06/2014 no 5º Misericórdia Brasil foi muito bom, a Nadia é muito eu, mais parece minha gêmea.  

Passeamos juntas e falamos muito no intervalo, ela me falou que tinha um aplicativo que baixa as musicas da madre Irma Kelly Patrícia e ela tinha muitas musicas da madre irmã Kelly Patrícia no celular. Nádia também me falou que foi pra jornada dos jovens no Rio de Janeiro em 2013 e que foi muito bom, ela até me mostrou as fotos que ela tirou da vossa santidade o papa Francisco.

E eu queria tirar foto com a madre irmã kelly Patrícia de papelão ai a Nádia falou:

- mulher deixa de besteira, nos vamos pro Resed e você vai tirar com a própria Madre Irmã Kelly Patrícia.

Ai eu:  - que massa.  

Percebi também que a Nádia tinha uma câmera da mesma marca que a minha, só que a dela é rosa pink e a minha é rosa bebê e nós criamos gatos, somos religiosas, moramos no mesmo bairro. Sermos amiga/irmãs é a mão de Deus.

E desde então sempre fomos a muitas adorações e encontros no INSTITUTO HESED.

 

 

 

 

Escrito por AglaeLotif às 21h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Entrei pro shalom de Fátima

Dia 08/03/2914

Entrei pro shalom de Fátima

 

Lá no shalom de Fátima fiz irmãos pro resto da vida, pessoas tão legais que me acolheram sem me conhecer direito, coisa de mãe, a presença de nossa senhora de Fátima sempre entre cada um de nós lá juntos. Todos os dias que fui era sempre um novo dia pra mim, era incrível, especial, dançar e cantar louvores pro senhor com tanta energia e empolgação, a Thayná mais que uma pastora uma grande amiga. Cheguei ao grupo fui convidada pelo Diego e Tereza lá no “queremos Deus” não sei se eles sabiam que eu ia marca presença, torci pra ver eles no renascer mais não os vi. Ai fui pro shalom nos primeiros dias a Tereza e o Diego me acompanharam no grupo mais eu sentia que eles não durariam muito ali afinal eles estavam se dedicando a uma vida missionária e tinha que pertencer a outro grupo.

Bem as fortes tempestades de muitas promessas e falta de paciência me levaram a não ir mais pro shalom. Sempre ouvia de vizinhos e de minha mãe “vai pro shalom do teu bairro, pois o shalom de Fátima é longe.” A minha carteirinha de estudante venceu e eu tive que parar de ir. Antes de parar de ir teve um dia que algo não queria que eu fosse, desde quando comecei a freqüentar o shalom senti isso algo que me segurava, me imponha mil obstáculos pra eu não esta presente, pois é neste dia ao descer da topic 25 senti que ia desmaiar então segurei forte me crucifixo que trago comigo abençoado e disse “Jesus Cristo é o senhor” e foi isso que me manteve de pé, eu andava me segurando na cruz do meu pescoço.

Já fiz a minha escolha que ainda não foi aceita pelos que me cercam, quero ser uma missionária uma serva do senhor.

 

Mesmo distante deles eu continuo indo a igreja, participando de eventos da igreja, seguindo Jesus Cristo por onde ele for. Foca no senhor. 

Escrito por AglaeLotif às 20h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Nordeste, FORTALEZA, MESSEJANA, Mulher, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Informática e Internet
MSN -

Histórico